segunda-feira, 18 de maio de 2009

SOFRIMENTO ANIMAL... SOFRIMENTO HUMANO...

Deixo hoje outro poema de M. Dulce Penaguião, sobre o triste e decadente espectáculo das touradas que infelizmente ainda se organizam no Concelho de Évora e tem por título

SOFRIMENTO

- Aceitando que no toureio há martírio
inconsciência e alegria no delírio
de farpear, estocar, provocar dor...
- Aceitando que a tauromaquia é desumana
inútil, escusada - deprimente afronta...
cada vez menos haverá gente a favor
cada vez haverá mais gente contra...

Meditemos um pouco nisto
com visão intransigente
julguemos com mais rigor:
Quem... No meio de tudo isto
tem dignidade, afinal?
- Será o inteligente?
- Será o apoderado?
O toureiro, o forcado? Ou os 500 quilos de sofrimento animal?

in "Touradas", Ed. Parceria A. M. Pereira, Lisboa, 2005.

1 comentário:

saudadesdofuturo disse...

Não comento na imagem acima, porque me dá tristeza como, para "prazer" de uns, ainda se façam sofrer outros seres.

Tudo isso não faz senão atrasar... Tudo!

Um abraço