terça-feira, 2 de junho de 2009

A Rosa Mística...


Catedral de Évora

1 comentário:

saudadesdofuturo disse...

Essa mesma, Emanuel, que Yeats vê:

YEATS

“Que noite gloriosa a de hoje
Cheia de anjos e de névoa
Como aquela noite longínqua
Quando vislumbrei da planície
Uma Rosa na Catedral de Évora.”

A Rosa que é Mãe, mas também rosácea, Lux que penetra e entra no templo e npo coração.


Um abraço, Saudades